Com o humorista, roteirista e apresentador Fábio Porchat e a participação especial do professor e pesquisador Fábio Mariano da Silva.

O episódio #36 – Parte 2 do almasculina” traz o humorista, roteirista e apresentador Fábio Porchat (@fabioporchat), que fala sobre antirracismo, humor… Sempre relacionados à sua visão sobre as masculinidades.

O professor e pesquisador Fábio Mariano da Silva (@fabioms08) é o nosso convidado no “Lugares Comuns”, quadro que dá voz a especialistas, gente que pesquisa e entende muito do assunto, explicando termos, conceitos e ampliando a nossa visão sobre tópicos mais específicos.

E para que o almasculina continue no ar, precisamos da sua colaboração! Iniciamos uma campanha de financiamento coletivo que traz benefícios exclusivos para nossos apoiadores! Acesse www.catarse.me/almasculina e saiba mais! Participe!

– Ouça aqui o episódio na íntegra:

– Assista à gravação na íntegra e o “Lugares Comuns”, com o Fábio Mariano da Silva, no nosso canal no Youtube!

ASPAS 

– Livro “De Guri a Cabra-Macho – Masculinidades no Brasil”, organizado por Marcio Caetano e Paulo Melgaço da Silva Júnior.

ESCUTA AQUI

Fábio Porchat indicou:

– Documentário “A Máscara em que Você Vive”(2015), de Jennifer Siebel Newsom:

Imprescindível para quem quer pensar as masculinidades, o filme traz à tona a importantíssima reflexão sobre o paradigma da educação machista, inclusive destacando quanto sofrimento ela causa aos meninos – e depois aos homens adultos –, que são pressionados a atender às expectativas da sociedade e a ser o que se considera um homem bem-sucedido. Disponível no YouTube.

– Série “Doutor Castor” (2021), de Rodrigo Araújo e Marco Antônio Araújo:

Doutor Castor é uma série documental que conta a história de Castor de Andrade, o bicheiro mais famoso do Rio de Janeiro. A produção explora as múltiplas facetas de um personagem que transitava em diversos ambientes, desde o jogo do bicho e a criminalidade até duas paixões populares, como o Carnaval e o futebol. No final dos anos 60, Castor assumiu a direção do Bangu e conquistou diversos títulos, como o Campeonato Carioca de 1966. Castor também atuou como presidente da Mocidade Independente de Padre Miguel, escola de samba pela qual era apaixonado e com a qual se consagrou campeão cinco vezes. Os quatro episódios trazem casos irreverentes e situações inéditas do lendário contraventor, que morreu em 1997, depois de construir um império patrocinado pelo samba, pelo futebol e pela violência. Entre os entrevistados está Agnaldo Timóteo, cantor que era amigo íntimo de Castor e que, inclusive, interpretou a canção “Ave Maria” no velório do bicheiro. Disponível no GloboPLay.

Paulo Azevedo indicou:

– Série de comédia francesa “Dix Pour Cent” (2015), de Dominique Besnehard e Fanny Herrero:

Em “Dix Pour Cent”, Andrea, Mathias, Gabriel e Arlette, funcionários da agência de talentos ASK, lidam diariamente com situações complicadas e defendem sua visão do negócio. Eles habilmente combinam arte e negócios, mas suas vidas privadas e profissionais às vezes entram em conflito. Enquanto lutam para salvar o escritório, abalados pela morte repentina de seu fundador, os quatro agentes precisam sobreviver ao selvagem mundo das celebridades, no qual risos, emoções, transgressões e lágrimas colidem constantemente. Disponível na Netflix.

– Documentário chileno “O Agente Duplo” (2020), de Maite Alberdi:

No documentário chileno, Sergio é um espião chileno. Ele recebe o papel após uma sessão de elenco organizada pelo detetive Romulo, um investigador particular que precisa de uma vergonha credível para se infiltrar em uma casa de repouso. O cliente de Rômulo, filha preocupada de um morador, suspeita que sua mãe esteja sendo abusada e o contrata para descobrir o que realmente está acontecendo. O indicado ao Oscar 2021 como Melhor Documentário está disponível no GloboPlay.

– Minissérie inglesa SmallAxe (2020), criada por Steve McQueen:

Criada e dirigida por Steve McQueen, primeiro cineasta negro a levar o Oscar de Melhor Filme por 12 Anos de Escravidão, a produção está sendo aclamada pelo público e crítica. Segundo o diretor, a ideia de fazer a série surgiu há 11 anos com o intuito de abordar a luta contra o racismo no Reino Unido. A produção conta com cinco episódios que não são ligados entre si, porém todos ambientados em Londres, entre os anos 1969 e 1982. As histórias abordam situações que vão desde a luta por direitos até a violência policial contra negros. Disponível no GloboPlay.

– Programa “Papo de Segunda”, do GNT:

No programa semanal, Fabio Porchat, Emicida, Chico Bosco e João Vicente De Castro debatem assuntos atuais e atemporais, trazendo pontos de vista distintos sobre o comportamento humano e a sociedade, sempre com convidados diversos. Disponível também como podcast no Spotify.

almasculina é feito por:

Idealização, roteiro, edição e apresentação: Paulo Azevedo (@pauloazevedooficial).

Trilha sonora original e mixagem: Conrado Goys (@conza01).

Identidade visual e arte: Glaura Santos (@glaurasantos).

Fotos: Vitor Vieira (@vitorvieirafotografia).

Realização: Comcultura (www.comcultura.com.br).

Siga e compartilhe o almasculina” e fale conosco:

Ouça e assine o almasculina” aqui:

Anchor fm Spotify Deezer Google Podcasts Apple Podcasts You Tube
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *